+55 (48) 98426-0434

Nutrição // Category

Category based archive
02 fev

A verdade sobre a gordura abdominal1Surpresa: Todos têm um pouco de gordura da barriga, mesmo as pessoas com o abdome sarado. Isso é normal! Porém, a gordura abdominal pode afetar a sua saúde de uma forma que outras gorduras não.

Um pouco da sua gordura está logo abaixo da sua pele. Outro pouco é mais profundo, como ao redor de seu coração, pulmões, fígado e outros órgãos. É esta gordura mais profunda – chamada de gordura “visceral” – que pode ser o maior problema, mesmo para as pessoas magras.

Mesmo pessoas magras podem ter muita gordura abdominal. Neste caso, é mais importante o seu nível de atividade física do que o tamanho de suas calças.

 

Gordura visceral

Todo mundo necessita de um pouco de gordura visceral. Ela reduz o impacto nos seus órgãos. Contudo, quando há gordura visceral em excesso, aumenta a probabilidade de desenvolver doenças como pressão arterial elevada, diabetes tipo 2, doenças cardíacas, demência e alguns tipos de câncer, incluindo câncer de mama e câncer de cólon.

28 nov

Há um tempo, ouvi falar que o aeróbio pela manhã, em jejum, era uma boa alternativa para queimar gordura corporal. Na hora achei absolutamente imprudente e absurdo. A explicação inicial era que, pelo fato do organismo ter pouco (ou nenhum) carboidrato à disposição, ele queimaria apenas gordura.

Bom, isso até faz certo sentido, mas eu sempre aprendi que, na falta de carboidrato, o organismo não consegue queimar gordura direito, pois “a gordura queima em uma chama de carboidratos” e, desta forma, o organismo utilizaria a massa muscular, quebrando proteínas e transformando-as em carboidrato para utilizar como fonte energética (tanto na glicólise como na lipólise).

Pois bem, pra mim isto terminara ali. Exercício aeróbio em jejum, independentemente da intensidade, era tolice. Vi amigos meus fazendo e não tendo resultados muito significantes e isto pra mim bastava para acreditar que era mesmo uma perda de tempo.

Porém, recentemente um conhecido me procurou e disse que havia feito e tido resultados bons (perdeu 4kg em 1 mês, fazendo 3x/semana),

15 out

Recentemente, a mídia divulgou o grande segredo para perder e ganhar peso: o balanço calórico (ou balanço energético). Apesar de a comunidade científica já saber disso há pelo menos 10 anos, só agora que resolveram divulgar em grande escala.Enfim, neste post pretendo explicar o que é esse “grande segredo” e como ele funciona.

Primeiramente, é necessário sabermos que 1 Caloria é a quantidade de energia necessária para aumentar a temperatura de 1g de água em 1º C. A quantidade de calorias contidas nos alimentos significa a quantidade de energia que eles contém. Esta energia pode ser em forma de carboidratos, proteínas ou gorduras. Cada 1g de carboidrato ou proteína possui 4,6kcal e 1g de gordura possui 9,1kcal.

Balanço Calórico é o equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas (através de alimentos) e a quantidade de calorias gastas (TMB* + calorias gastas com atividades).

Balanço Calórico em equilíbrio

Balança 1 – Balanço Calórico em equilíbrio

Quando a ingestão calórica é igual ao gasto, o peso se mantém, pois não há necessidade de “buscar” calorias

30 set

Detail-of-a-Man-s-Abdominal-Muscles-PostersNão é milagre. É ciência! Pesquisa comprova que duas colheres diárias de azeite ajudam a eliminar a gordura abdominal.

Depois de apelidado de “ouro líquido” por seus benefícios à saúde, foi descoberta mais uma vantagem sobre o consumo de azeite: ele impede o acúmulo de gordura na barriga. Incluir azeite extra virgem no dia-a-dia diminui os maiores fatores de risco para doenças cardiovasculares, diabetes, gastrites, hipertensão, dores, osteoporose e até mesmo câncer. Mas a novidade é que um estudo coordenado por cientistas europeus acaba de apontar esse novo benefício que fascina principalmente as mulheres, inimigas número um da gordura abdominal.

A pesquisa foi publicada na revista Diabetes Care, da Associação Americana de Diabetes, e comprovou que a ingestão diária de duas colheres das de sopa de azeite evita a formação de gorduras na região visceral, que resulta na indesejável barriguinha. “Ao onsumir o azeite extra virgem, estamos ingerindo 77% de gordura monoinsaturada, 14% de saturadas e 9% de polinsaturadas, o que torna o óleo mais saudável em relação aos outros”, disse o cardiologista e nutrólogo do Hospital do Coração, Dr. Daniel Magnoni.

O estudo foi realizado por especialistas

17 jul
Os objetivos de cada jogador de rugby podem diferir, mas, comumente, tendem a ser os seguintes:
  • Aumentar a massa muscular;
  • Manter a massa muscular – ou, em alguns casos, até mesmo perder um pouco do volume, a fim de aumentar a velocidade;
  • Perder massa gorda;
  • Aumentar a força explosiva e a reserva energética para estímulos de curta duração – sprints -, visando suportar os 80 minutos de um jogo com potência e endurance;
  • Fornecer energia e vigor permanentes. A fim de participar das competições durante o ano.